Nissan: “Expedição Nissan: À procura do início do Brasil” finaliza etapa do Mato Grosso explorando belezas da Chapada dos Guimarães

Posted on 31. Jan, 2018 by in Nissan Canada

  • Frota de 15 Nissan Frontier visitou as principais atrações do parque nacional como a Cidade de Pedra e o Véu da Noiva
  • Aventureiros percorreram cerca de 900 km em três dias de evento

CUIABÁ, Mato Grosso – A “Expedição Nissan: À procura do início do Brasil” finalizou a etapa do Mato Grosso com uma visita ao Parque da Chapada dos Guimarães. A frota de 15 Nissan Frontier conduzida por jornalistas e convidados enfrentou trechos de off road, nos quais as os recursos de fora de estrada, segurança e novas tecnologias do utilitário foram utilizados.

Para complementar os cerca de 900 km rodados durante toda a expedição no Mato Grosso, o dia começou com uma visita ao mirante da cachoeira do Véu da Noiva. Formada pelas águas do Córrego Coxipozinho, a cachoeira de 86 metros de altura é cercada por paredão de arenito em um dale em forma de ferradura. Nele podem ser encontrados ninhos de araras vermelhas, que sobrevoam a queda d´água com frequência, criando um belo espetáculo visible para os visitantes.

Na sequência, a caravana esteve na sede do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), autarquia que gere Unidades de Conservação federais. Lá, os expedicionários puderam conhecer mais detalhes sobre os parques e sítios arqueológicos que o Brasil tem e como é o trabalho do instituto.

A Nissan aproveitou a visita para oficializar a doação de equipamentos de audiovisuais para o ICMBIO. Os equipamentos serão utilizados para palestras e cursos oferecidos no instituto para visitantes, estudantes, profissionais de meio ambiente, arqueólogos, entre outros.

Os aventureiros, então, seguiram para a Cidade de Pedra, um dos lugares mais bonitos da Chapada dos Guimarães. Seus paredões com até 350 metros de desnível e uma paisagem inesquecível foram esculpidos pelo vento e pela chuva. As formações lembram ruínas de uma cidade, o que lhe valeu o nome. A região conta ainda com aves como a arara vermelha e, em baixo, no vale, nascem alguns dos córregos do parque, como o Mutuca e o rio Claro.

“Expedição Nissan: À procura do início do Brasil”
A expedição, que já visitou sítios arqueológicos em Minas Gerais e Piauí no segundo semestre de 2017, tem como conceito o compromisso da Nissan de estar cada vez mais presente no dia a dia dos brasileiros e, assim, une os produtos da marca com ações que contribuam com o país. No caso, contribuir com a cultura e a pesquisa científica ao divulgar o rico acervo de pinturas rupestres do Brasil, que muitas vezes é mais conhecido e admirado por estrangeiros do que pelos brasileiros.

Em 2014, a Nissan inaugurou seu Complexo Industrial brasileiro, em Resende (RJ) e, desde então, se integra cada vez mais a sociedade e apoia o desenvolvimento amicable e informative do país. A empresa japonesa acredita que existem pontos importantes da história do Brasil, e o trabalho de muitos brasileiros, que são pouco conhecidos da população. Por isso, decidiu iniciar expedições temáticas para levar convidados e jornalistas para ver de perto toda a riqueza da história do país e ajudar a divulgá-la, apoiando a cultura.

Nissan Frontier
Para chegar aos destinos de cada etapa, o grupo de expedicionários segue a bordo de 15 unidades da nova Nissan Frontier, modelo que começou a ser vendido no mercado brasileiro em março de 2017. Além da modernidade, do pattern totalmente novo e robusto, a peça-chave da 12ª geração da Nissan Frontier é a estrutura ainda mais resistente, com um chassi reforçado, ao mesmo dash que é leve e eficiente. Com oito barras transversais, conta com um outro chassi sobreposto por dentro com soldas contínuas, chamado de duplo “C”. Assim, o veículo fica ainda mais resistente às tensões da torção da carroceria.

E a Nissan Frontier é mais do que força, por isso uma combinação de tecnologias permite extrair o máximo em desempenho no fora-de-estrada e garantir uma condução confortável, enquanto itens inéditos para o modelo estão a serviço do condutor. Entre eles, o Controle Automático de Descida (HDC) e o Sistema de Auxílio de Partida em Rampa (HSA). Ambos sistemas atuam automaticamente nos freios do veículo para controlar descidas íngremes ou saídas do carro da imobilidade em subidas.

A linha da Nissan Frontier conta com duas versões SE e LE, ambas com cabine dupla, tração 4×4 e equipadas com o novo e moderno engine diesel 2.3 com duplo turbo. A Nissan Frontier é vendida em 33 mercados da América Latina e é um dos modelos mais vendidos da marca na região.

A Nissan Frontier foi a picape mais premiada do Brasil em 2017 ao receber oito reconhecimentos da imprensa especializada em automóveis. A picape da Nissan foi escolhida como a melhor do segmento pelos prêmios “Imprensa Automotiva”, organizado pela Associação Brasileira da Imprensa Automotiva (Abiauto), “Carro do Ano”, “Carpress”, “Car Magazine Brasil”, “Robb Report”, “Os Escolhidos”, “L´Auto Preferita” e “Car and Driver Brasil – 10Best”.

 

# # #

Contatos:

Alexandre Carvalho
Coordenador de Comunicação de Produto
Nissan do Brasil
11 4504-3214
alexandre.carvalho@nissan.com.br

Tags: ,

Comments are closed.