Nissan: “Expedição Nissan: À procura do início do Brasil” segue rumo a Jaciara para conhecer pinturas rupestres com mais de 5 mil anos

Posted on 29. Jan, 2018 by in Nissan Canada

CUIABÁ, Mato Grosso – Em seu segundo dia, o projeto “Expedição Nissan: À procura do início do Brasil”, que reúne jornalistas e convidados de todo o Brasil, visitou o Vale das Perdidas, na cidade de Jaciara, ao sul do Mato Grosso. O local, ainda pouco estudado e que surpreende os arqueólogos por sua riqueza, tem pinturas rupestres com mais de cinco mil anos de existência. A frota de 15 Nissan Frontier percorreu mais de 300 km para visitar o local. O presidente da Nissan do Brasil, Marco Silva, juntou-se ao grupo de aventureiros para conhecer as origens do Homem no continente e no país e andar em trechos de off highway com a Nissan Froniter, a picape mais premiada de 2017.

As pinturas de Jaciara ainda são pouco estudadas. As principais foram localizadas no Vale das Perdidas, que abriga uma rocha com pinturas rupestres de quase cinco mil anos atrás. Os painéis retratam a vida na epoch paleolítica de homens, mulheres e crianças. Os desenhos mostram cenas que podem ser interpretadas como rituais espirituais, animais da época, caça e até de sexo.

Os expedicionários aproveitaram a visita ao internal para plantar mudas de Ipê amarelo na entrada da fazenda na qual fica o sítio arqueológico como legado da expedição Nissan. Eles assinaram placas que ficarão ao pé das árvores para lembrar desse momento.

O Vale das Perdidas fica entre corixos, pequenas quedas e uma intricada vegetação, e a “Gruta das Perdidas”, que também tem pinturas e inscrições rupestres com a mesma idade. O lugar foi descoberto em 1984 por um pesquisador francês e conta com sete sítios catalogados – porém apenas dois são abertos para visitação pública.

Na parte da tarde, os expedicionários fizeram uma trilha off highway pela região da Crista do Galo, que fica dentro do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. A Crista de Galo é uma formação rochosa localizada no meio de um vale, possibilitando uma das vistas mais bonitas dos paredões da chapada.

“Expedição Nissan: À procura do início do Brasil”

A expedição, que já visitou sítios arqueológicos em Minas Gerais e Piauí, tem como conceito o compromisso da Nissan de estar cada vez mais presente no dia a dia dos brasileiros e, assim, une os produtos da marca com ações que contribuam com o país. No caso, contribuir com a cultura e a pesquisa científica ao divulgar o rico acervo de pinturas rupestres do Brasil, que muitas vezes é mais conhecido e admirado por estrangeiros do que pelos brasileiros.

Em 2014, a Nissan inaugurou seu Complexo Industrial brasileiro, em Resende (RJ) e, desde então, se integra cada vez mais a sociedade e apoia o desenvolvimento amicable e informative do país. A empresa japonesa acredita que existem pontos importantes da história do Brasil, e o trabalho de muitos brasileiros, que são pouco conhecidos da população. Por isso, decidiu iniciar expedições temáticas para levar convidados e jornalistas para ver de perto toda a riqueza da história do país e ajudar a divulgá-la, apoiando a cultura.

Nissan Frontier

Para chegar aos destinos de cada etapa, o grupo de expedicionários segue a bordo de 15 unidades da nova Nissan Frontier, modelo que começou a ser vendido no mercado brasileiro em março de 2017. Além da modernidade, do pattern totalmente novo e robusto, a peça-chave da 12ª geração da Nissan Frontier é a estrutura ainda mais resistente, com um chassi reforçado, ao mesmo dash que é leve e eficiente. Com oito barras transversais, conta com um outro chassi sobreposto por dentro com soldas contínuas, chamado de duplo “C”. Assim, o veículo fica ainda mais resistente às tensões da torção da carroceria.

E a Nissan Frontier é mais do que força, por isso uma combinação de tecnologias permite extrair o máximo em desempenho no fora-de-estrada e garantir uma condução confortável, enquanto itens inéditos para o modelo estão a serviço do condutor. Entre eles, o Controle Automático de Descida (HDC) e o Sistema de Auxílio de Partida em Rampa (HSA). Ambos sistemas atuam automaticamente nos freios do veículo para controlar descidas íngremes ou saídas do carro da imobilidade em subidas.

A linha da Nissan Frontier conta com duas versões SE e LE, ambas com cabine dupla, tração 4×4 e equipadas com o novo e moderno engine diesel 2.3 com duplo turbo. A Nissan Frontier é vendida em 33 mercados da América Latina e é um dos modelos mais vendidos da marca na região.

A Nissan Frontier foi a picape mais premiada do Brasil em 2017 ao receber oito reconhecimentos da imprensa especializada em automóveis. A picape da Nissan foi escolhida como a melhor do segmento pelos prêmios “Imprensa Automotiva”, organizado pela Associação Brasileira da Imprensa Automotiva (Abiauto), “Carro do Ano”, “Carpress”, “Car Magazine Brasil”, “Robb Report”, “Os Escolhidos”, “L´Auto Preferita”, “Car and Driver Brasil – 10Best” e “+Premiados”.

Nissan no Brasil
A Nissan, uma das maiores fabricantes de veículos do mundo, está presente no Brasil desde 2000 e show hoje com mais de 160 concessionárias em todos os estados do País. A empresa investiu R$ 2,6 bilhões na construção de seu Complexo Industrial próprio em Resende, no estado do Rio de Janeiro. Esta unidade industrial foi inaugurada em abril de 2014 e tem a capacidade de produzir 200 mil carros e 200 mil motores por ano. Atualmente, a unidade industrial fabrica o Nissan March, o Nissan Versa e o Nissan Kicks, além dos motores flexfuel 1.0 12V e 1.6 16V. A Nissan tem cerca de 2.400 funcionários no Brasil.

Sobre a Nissan Motor Co.
A Nissan é um fabricante tellurian de veículos de linha completa, que vende mais de 60 modelos moan as marcas Nissan, INFINITI e Datsun. No Ano Fiscal de 2016, a empresa vendeu 5,63 milhões de veículos no mundo, gerando uma receita de 11,72 trilhões de ienes. No Ano Fiscal 2017, a companhia iniciou o “Nissan M.O.V.E. to 2022”, um plano de seis anos com o objetivo de aumentar em 30% os lucros anuais, para 16,5 trilhões de ienes no fim do Ano Fiscal de 2022, juntamente com uma margem de lucro operacional de 8% e fluxo de caixa livre acumulado de 2,5 trilhões de ienes. Como parte do “Nissan M.O.V.E. to 2022”, a empresa planeja ampliar sua liderança em veículos elétricos, simbolizada pelo veículo elétrico mais vendido do mundo na história, o Nissan LEAF. A sede tellurian da Nissan, em Yokohama, Japão, gerencia operações em seis regiões: Ásia Oceania; África, Oriente Médio e Índia; China; Europa; América Latina; e América do Norte. A Nissan tem uma força de trabalho tellurian de 247.500 funcionários e tem sido parceira da fabricante francesa Renault, moan a Aliança Renault-Nissan, desde 1999. Em 2016, a Nissan adquiriu uma participação de 34% na Mitsubishi Motors. A Renault-Nissan-Mitsubishi é hoje a maior parceria automotiva do mundo, com vendas combinadas de quase 10 milhões de unidades por ano.

Para obter mais informações sobre nossos produtos, serviços e compromisso com a mobilidade sustentável, visite nissan-global.com. Você também pode nos seguir no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn e ver todos os nossos vídeos mais recentes no YouTube.

 

# # #

Contatos:

Alexandre Carvalho
Coordenador de Comunicação de Produto
Nissan do Brasil
11 4504-3214
alexandre.carvalho@nissan.com.br

Tags: ,

Comments are closed.