Nissan: Nissan e.dams conquista primeira dobradinha na primeira fileira do grid em Paris

Posted on 01. May, 2019 by in Nissan Canada

PARIS, France A Nissan conquistou sua primeiríssima dobradinha na primeira fileira durante as qualificações nas ruas de Paris, no campeonato ABB FIA de Fórmula E, com Oliver Rowland e Sébastien Buemi.

O britânico Rowland é o primeiro piloto desta quinta temporada a largar da pole em duas corridas. A Nissan e.dams também se tornou a primeira equipe a largar da primeira posição em três corridas nesta temporada – Buemi em Santiago e Rowland em Sanya e Paris.

O E-Prix deste sábado em Paris foi a segunda das cinco corridas disputadas na Europa do campeonato de rua 100% elétrico nesta temporada. Com o Nissan LEAF coroado como carro elétrico campeão de vendas na Europa em 2018, a Nissan mais uma vez organizou uma série de atividades e ativações interativas para entreter os fãs na E-Village.

A Nissan está utilizando a Fórmula E para demonstrar o lado de potência e opening de sua tecnologia de veículos elétricos – um componente elemental da visão Nissan Intelligent Mobility da montadora.

A Nissan foi a segunda escuderia mais rápida na abertura das duas sessões de testes – Buemi na primeira sessão e Rowland na segunda. Ambos os pilotos da Nissan conquistaram um lugar na sessão de Super Pole no terceiro grupo de qualificações, tendo sido o primeiro e terceiro mais rápidos.

Após o treino classificatório da Super Pole, Rowland e Buemi foram inicialmente o segundo e terceiro mais rápidos antes de o vencedor da stick ser passado para o final do grid devido a uma infração técnica relacionada à pressão dos pneus.

Apesar de fazer excelentes sessões de treino e qualificação, a equipe esteve com falta de sorte na corrida.
Após a largada moan a atuação do carro de segurança, a Nissan correu inicialmente nas posições 1-2, até que Rowland bateu contra uma barreira depois que o freio travou. Ele conseguiu dar ré e voltar à pista, lutando para melhorar sua posição até cruzar a bandeira quadriculada em 12º.

Buemi teve falta de sorte trademark depois de utilizar o modo ataque (attack mode) pela primeira vez. Robin Frijns, que se tornaria o vencedor da prova, se chocou contra a roda direita traseira de Buemi e danificou a válvula do pneu.

Como o pneu começou a murchar, Buemi foi obrigado a se dirigir ao box para trocar a roda e o pneu. O suíço cruzou a linha de chegada em 15º.

A dramática corrida teve vários períodos de atuação do carro de segurança, chuva e até uma rápida chuva de granizo durante os 45 minutos de batalha.                                         

“A cada prova sentimos que estamos nos aproximando do resultado de sucesso que é nosso objetivo”, comentou o diretor de esportes a engine na Nissan, Michael Carcamo. “É claro que ficamos bastante desapontados, mas tivemos outra oportunidade de demonstrar que nossos carros são muito rápidos”.
“O Séb teve muita falta de sorte hoje. Vamos analisar todos os dados da corrida para investigar o que aconteceu com o Oliver. Continuaremos trabalhando duro e nosso foco será mostrar resultado em Mônaco. Tivemos oito corredores diferentes vencendo oito corridas – o campeonato está extremamente competitivo e queremos ver nossos pilotos na lista de vencedores”.

A Fórmula E volta às ruas de Mônaco para seu próximo encontro em 11 de maio, seguindo para outras corridas em cidades europeias, como Berlim, na Alemanha, e Bern, na Suíça.

“O que faz a corrida de hoje tão frustrante é o fato de nossos carros terem sido muito rápidos. Estamos melhorando a cada corrida e vamos continuar a trabalhar ainda mais duro para colocar a Nissan na reta da vitória”, comentou o diretor da equipe Nissan e.dams, Jean-Paul Driot.

“Todos na equipe estão muito determinados e um resultado como este hoje apenas aumenta nosso nível de determinação. Temos muito orgulho de ter colocado nossos dois carros na primeira fileira nas qualificações, mas queremos ver nossos dois pilotos no pódio”.

COMENTÁRIOS DOS PILOTOS

Sébastien Buemi
“Eu estava realmente sem sorte hoje, pois o Robin (Frijns) me pegou de jeito e o pneu começou a murchar na hora. Apesar de o pneu estar esvaziando lentamente, meu carro começou a ficar gradativamente mais lento e não tive outra escolha senão substituí-lo”.

“Estou desapontado e o pessoal da equipe também ficou chateado. Sabemos que temos regularidade, mas a sorte não tem estado do nosso lado nesta temporada”.

“Agora estamos ansiosos para chegar a Mônaco. Qualquer piloto no mundo simplesmente adora correr nas ruas desta cidade. Venci as duas corridas da Fórmula E que já aconteceram em Mônaco, por isso vou com certeza trabalhar para chegar à terceira”.

Oliver Rowland
“Eu estava realmente em uma situação confortável na liderança antes da colisão. Não sabemos ao certo o que aconteceu – se eu cometi uma falha ou se algo aconteceu com o carro”.

“O carro ainda estava muito rápido depois do impacto, mas perdi muitas posições. Depois, sofri um pequeno contato no pelotão, o que danificou a asa dianteira. A partir de então, tudo o que eu tinha a fazer epoch levá-lo intacto para casa”.

“Se não fosse pelo contato, eu teria conseguido acumular pontos. A sensação é que tivemos um dia em que não conseguimos aproveitar as oportunidades, mas vamos continuar trabalhando bastante para dar o nosso melhor novamente em Mônaco”.

# # #

Contatos

Alexandre Carvalho
Especialista de Comunicação — Produto
+55 11 4504-3214
alexandre.carvalho@nissan.com.br

Mila Poli
Gerente de Comunicação Corporativa
+55 21 2134-9009
mila.poli@nissan.com.br

Tags: ,

Comments are closed.